Arquitetura corporativa

Atualizado: 14 de fev.


Apostar em uma arquitetura corporativa que facilite no dia a dia, e permita que seus colaboradores fiquem mais engajados e tenham mais comunicação, é uma das tendências nos ambientes de trabalho.

Cada vez mais os projetos tradicionais têm saído de moda e dando espaço para ambientes cheio de personalidade e conforto, para que os funcionários da sua equipe se sintam à vontade em querer voltar.

A arquitetura corporativa não envolve somente escritórios, mas abrange espaços como hotéis, shoppings, condomínios, restaurantes, enfim vários lugares com a finalidade de torná-los mais eficientes e confortáveis.

O objetivo é ampliar a produtividade e a funcionalidade do ambiente, sem deixar de lado o design e a beleza dos projetos

E não importa o tamanho da empresa, investir em arquitetura corporativa é um investimento.

É mais do que uma simples decoração, quando se tem uma arquitetura estratégica, as tarefas do dia a dia passam a ser feitas de forma mais prazerosa. Muitas grandes empresas como o Google já fazem uso desse tipo de arquitetura.

Se você ficou interessado em aderir a esse tipo de arquitetura para o seu ambiente de trabalho, conheça o conceito, a importância, as vantagens e os fatores que definem sobre a arquitetura corporativa. Então continue a leitura!

O que é arquitetura corporativa?

Como implementar uma arquitetura corporativa? Veja o passo a passo!
arquitetura corporativa

Consiste na área que desenvolve, projeta e executa ambientes de trabalho para escritórios e empresas, que alinhe o conforto e o design que ajudem na rotina das empresas.

É constituída de um conjunto de princípios que permite a competitividade de um empreendimento.

Além disso, tem um papel importante na identidade visual da empresa, pois é uma porta de entrada para novos clientes e também como posicionamento no mercado.

Todas essas questões são consideradas no momento de uma elaboração do projeto de arquitetura corporativa.

Qual a importância da arquitetura corporativa?

A arquitetura corporativa tem como objetivo principal garantir um ambiente saudável e oferecer os recursos necessários para os profissionais.

Além disso, o projeto precisa expressar as características do negócio, baseado na cultura organizacional.

Um dos principais componentes da arquitetura são: as cores e a iluminação. As cores são muito importantes, ela transmite a identidade e reforça a cultura da organização.

A arquitetura corporativa tem a capacidade de transmitir a identidade visual, seus ideais e valores.

Quem é o profissional responsável pela arquitetura corporativa?

É uma área de atuação para profissionais de arquitetura e design de interiores que estuda sobre a maneira de compor ambientes de trabalho de forma prática para os funcionários, proporcionando um ambiente mais produtivo e confortável.

O arquiteto e o designer que trabalha nesse setor, deve considerar não só o lado estético como o aproveitamento dos espaços. Veja os fatores que devem ser levados em consideração quanto a arquitetura corporativa:

Fatores importantes da arquitetura corporativa

Como implementar uma arquitetura corporativa? Veja o passo a passo!
arquitetura corporativa

Nos projetos de arquitetura são levadas em consideração alguns fatores como:

● Ergonomia

● Mobiliários

● Sistema elétrico e acústico

● Iluminação

● Climatização dos ambientes

Todos esses quesitos, podem ser integrados conforme os valores e missão da empresa em conformidade com as legislações trabalhistas e os padrões de segurança.

Entre os fatores a serem considerados antes de qualquer planejamento corporativos estão:

Espaço

Um dos principais desafios é adequar o espaço disponível quanto ao número de pessoas que trabalham no local.

O espaço irá determinar como será a disposição dos ambientes, a largura dos corredores, o quão o espaço é amplo, a quantidade dos móveis e a funcionalidade que eles devem ter para atender o espaço corporativo.

Além disso, também tem muita influência no estado de espírito. Quando o ambiente é agradável, o nível de estresse dos colaboradores é muito menor e eles se sentirão mais estimulados para executar suas tarefas.

No entanto, se o ambiente é desconfortável e feio, pode influenciar de forma negativa, podendo levar o funcionário a pedir demissão em busca de um ambiente de trabalho melhor.

Cores

As cores também são elementos importantes, e a combinação de cores pode ser feita conforme a identidade visual que a empresa já possui.

É importante entender os significados das cores e os elementos cromáticos que remetem a empresa.

Outro fator a ser considerado na hora de escolher a paleta de cores é pensar no quanto ela influenciará no estado de espírito dos colaboradores. Veja um exemplo:

O amarelo está ligado a pensamentos claros, e pode te ajudar inclusive a memorizar os dados, o azul significa otimismo.

Iluminação

A iluminação no ambiente é essencial para um bom desempenho de um escritório. Você deve conhecer bem o projeto e os pontos estratégicos na hora de instalar as luzes, para que em nenhum lugar fique mal iluminado.

Não utilize iluminação direta, devido ao brilho nos monitores do computador. Aproveite também da luz natural do local, por isso use janelas grandes e bem dimensionadas.

As cores se relacionam muito com a iluminação, as cores dos móveis podem influenciar na claridade do espaço, portanto aposte em tons neutros e suaves que contribuem para um ambiente mais claro.

Conforto

É muito importante oferecer um ambiente acolhedor aos seus colaboradores. Utilizar móveis como sofá e poltronas para proporcionar um ambiente mais confortável, ou colocar a bancada próximo da janela para propiciar mais criatividade.

Conheça os benefícios para se investir na arquitetura corporativa na sua empresa:

Os benefícios de investir em arquitetura corporativa

Como implementar uma arquitetura corporativa? Veja o passo a passo!
arquitetura corporativa

Agora que você conheceu sobre o conceito e a sua importância no ambiente corporativo, conheça os benefícios que essa estratégia oferece. Confira!

1. Maior produtividade

O aumento da produtividade é um dos principais benefícios, pois se a sua equipe encontra boas condições para trabalhar, que respeita as limitações e transmite segurança, esse funcionário se sente mais disposto para trabalhar, aumentando o engajamento com a empresa.

2. Redução de custos

Quando um ambiente é planejado de forma adequada, contribui com a redução dos custos, isso acontece porque há um melhor aproveitamento dos espaços o que diminui os custos de reforma e adaptações, iluminação, climatização do espaço, por exemplo.

3. Maior comunicação e interação entre as equipes

Ter um bom relacionamento entre os colaboradores, é fundamental para o sucesso da organização. Quando uma empresa valoriza essa interação, permite que novas ideias surjam, e trazendo grandes resultados para o negócio.

Veja um exemplo de como pode ser organizado um espaço físico de um ambiente de trabalho:

● Departamentos que trabalham no mesmo setor devem ficar próximos;

● Setores que precisam realizar transporte de equipamentos devem ter corredores mais amplos;

● Trabalhos em séries devem ser feitos no mesmo ambiente;

Por isso os móveis devem estar dispostos de forma inteligente para estimular a comunicação. Afinal, organização é tudo, pois é importante ter setores bem distribuídos, com divisórias para criar novos ambientes, móveis multiusos fazem com que se valorize as relações.

4. Garantir a ergonomia para os profissionais

Não só a parte estética e visual é avaliada em um projeto corporativo. Mas também deve ter:

● Cadeiras ajustáveis

● Suporte dos computadores

● Mesas reguláveis

Também é importante para garantir o conforto e o bem-estar dos colaboradores e evitar a ocorrência de lesões do trabalho como tendinite e Lesão por Esforço Repetitivo (LER) que podem interferir na saúde dos colaboradores.

Cabe salientar que trabalhar com projetos corporativos é estar a um passo sempre à frente dos desafios e obstáculos que o mercado de trabalho proporciona.

5. Maior conforto no ambiente de trabalho

Quando o ambiente oferece iluminação natural, ar puro e circulação das pessoas, sem incômodos com a alta temperatura e o excesso de luz a sua equipe se sentirá mais confortável.

Conforme as regulamentações, dentro do ambiente corporativo, a temperatura deve estar entre 20 e 24 graus no verão e 23 a 26 graus no inverno. Os sons oriundos do meio externo não devem ultrapassar 80 decibéis.

Com as vantagens da arquitetura corporativa, muitos gestores optam pela arquitetura corporativa para promover um equilíbrio e a capacidade de inovação do empreendimento.

Passa a proporcionar um ambiente com mais segurança e produtividade.

Mas antes de decidir como isso será feito, procure por um profissional certificado e especializado no assunto que consiga te ajudar a pensar em todos os detalhes.

6. Causar uma boa impressão nos clientes

Não só o marketing é responsável pela criação da imagem da empresa. A arquitetura e o design de interiores também é o cartão de visita da empresa e devem ser compatíveis com a imagem das campanhas.

Pense nesse exemplo: Se a marca da sua empresa é de que são referência no segmento do mercado, com projetos bonitos e planejados.

E o cliente ao chegar da empresa se depara com um ambiente mal planejado e projeto, que não tem nada a ver com a marca das peças. Você acha que esse cliente irá botar fé na sua empresa?


Como implementar uma arquitetura corporativa? Veja o passo a passo!

Como implementar uma arquitetura corporativa? Veja o passo a passo!
arquitetura corporativa

É necessário seguir várias etapas de planejamentos, para que todos os aspectos mencionados acima, veja a seguir o passo a passo para implantar uma arquitetura corporativa:

Passo 1. Faça uma análise do planejamento

O espaço deve refletir os objetivos, missões e valores da empresa, é fundamental no início que se faça uma análise do planejamento, para melhor compreensão dos elementos.

Por exemplo, se a sua empresa tem como missão ser uma empresa referência no setor do agro, o ambiente deve transparecer uma linguagem mais rústica, com o uso de móveis de madeira, ferro, corda, plantas no ambiente, entre outros elementos.

Passo 3. Realize o Levantamento de requisitos

Após feito o planejamento, deve-se definir quais os pontos fundamentais do projeto. Assim é possível saber em quais elementos terão prioridades em relação aos demais.

Passo 4. Elabore do projeto

Nessa etapa se coloca em prática todos os passos anteriores. Por exemplo, um projeto deve incluir os seguintes elementos:

● Móveis

● Iluminação

● Organização do espaço

● Conforto térmico e acústico

● Decoração

● Fachada

A legislação e arquitetura corporativa

Para realizar o projeto arquitetônico de um escritório, é preciso respeitar algumas normas estabelecidas por lei para garantir a seguridade dos colaboradores. Veja alguns exemplos:

ABNT NBR 9050: Que estabelece a acessibilidade edificações, mobiliários, espaços e equipamentos urbanos.

ABNT NBR 13966: Móveis para escritório – Mesas

ABNT NBR 13962: Móveis para escritório – Cadeiras

NR 17: Trata sobre a ergonomia no ambiente de trabalho e tem por objetivo promover o conforto dos trabalhadores, diminuir os riscos de lesões e aumentar a produtividade.

Principais tendências da arquitetura corporativa

Há muitas novidades no setor de arquitetura que podem ser implementados no setor corporativo, veja abaixo:

1) Áreas verdes na parte interna

Nas grandes cidades, as pessoas sentem falta de terem um maior contato com a natureza, pensando nisso muitas empresas tem investido em áreas verdes dentro da empresa.

2) Áreas de relaxamento

Outro fator importante é proporcionar momentos de lazer e relaxamento para os colaboradores, por isso muitas empresas oferecem áreas de lazer que oferecem um descanso como tentativa de diminuir o estresse do ambiente de trabalho.

3) Sustentabilidade

A arquitetura pode contribuir para reduzir os resíduos e o reaproveitamento de recursos. É uma ferramenta que permite que os colaboradores se adequem melhor ao ambiente, com o objetivo de proporcionar conforto, ergonomia, produtividade e eficiência.

Uma forma de se ter um ambiente mais sustentável é utilizar materiais ecológicos, revestimentos sustentáveis, e buscar sempre por fornecedores que tenham preocupação com o meio ambiente.

4) Espaços abertos, integrados e flexíveis

Nos últimos anos, o ambiente corporativo sofreu uma mudança com a adoção do trabalho remoto ou híbrido e isso tende a permanecer no dia a dia das pessoas.

E é nessa nova forma de trabalho que a tendência é terem ambientes mais planos que proporcionem um fluxo melhor de informações e comunicação.

Logo, muitas empresas utilizam paredes de vidro na decoração, criando ambientes privados, sem que prejudique a rotina do trabalho.

Considerações finais

Com todos esses benefícios sobre a arquitetura corporativa, você consegue implantar um projeto arquitetônico na sua empresa? A arquitetura para ambientes de trabalho é uma forma de se destacar no mercado, e dar ao profissional boas condições para cada profissional da empresa.

Investir em um ambiente otimizado é uma tendência que vem crescendo no setor corporativo pelos benefícios que elas oferecem, por isso vale a pena conhecer mais sobre o conceito e como pode contribuir para melhorar o ambiente corporativo. O Escritório Zamecki é especializado em Arquitetura Corporativa há mais de 10 anos. Clique aqui para saber mais ou receber um orçamento.





111 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo